domingo, 30 de setembro de 2012

INDEPENDÊNCIA ROUBADA


É
 difícil permanecer doente por um longo tempo, tanto para os familiares como para a pessoa. Acredito que, quem sofre mais é o doente. Às vezes a vontade de quem esta sofrendo com algum problema físico, é simplesmente poder, andar como antes, quando nada o afligia, poder ter a independência novamente.
A doença tem a capacidade de roubar das pessoas tudo que a faz ser feliz, rouba suas forças, rouba sua saúde, rouba sua capacidade de fazer as coisas sozinhas, rouba sua alegria de viver. Eu admiro quando vejo pessoas que a doença marginaliza falar sem rancor.
“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam.” Tiago 1:12.
Pode ser fácil para você, pois você ainda tem sua independência, você consegue se locomover para onde desejar, decidir onde você gostaria de ir e a que horas o fazer, se nada dói, se nada esta rodando a sua volta, se seus pés ainda pode obedecer a seus comandos. Os dias para quem a doença roubou sua independência parecem ser anos, as horas meses e cada minuto um dia.
Tudo vai passar Tia, Deus vai te ajudar, Ele é nossa esperança para dias melhores, você é guerreira e determinada VOCÊ TIA BEBEL vai reconquistar o que um dia foi seu, sua independência.  
 “Quando você atravessar águas profundas, eu estarei ao seu lado, e você não se afogará. Quando passar pelo meio do fogo, as chamas não o queimarão”. Isaías 43:2.

Um comentário: