quinta-feira, 25 de outubro de 2012

PACIÊNCIA SPIDER


Minha mãe jogando paciência


Achei essa foto nos meus arquivos. Inevitável foi não lembrar como chegamos a esse nível. Minha mãe em frente ao computador, jogando paciência sem minha ajuda.
Computador para meus pais era um bicho de sete cabeças, eu tentava explicar como funcionava mais você deve entender que adolescente não gosta de ficar falando a toda hora a mesma coisa, ainda mais para seus pais. Na mente da gente parece tão claro e fácil, que não conseguimos entender porque apertar um botão escrito INICIAR parece uma equação matemática.  Olha que isso é só o começo, depois achar o jogo se transforma em busca ao tesouro perdido. 
Depois de muita labuta, meus pais aprenderam a ligar o computador, achar o botão iniciar, achar o jogo, conectar a internet (nesta época tínhamos internet discada, uma loucura, ficávamos mais tentando do que conectados), abrir um vídeo. Pronto eles aprenderam a mexer.
Criei um e-mail para cada um, o da minha mãe ela deve ter entrado uma duas vezes, o negocio dela era jogar Paciência Spider, meu pai já gostou do e-mail e usa o mesmo até hoje. 
Minha mãe não gostava quando eu falava que ela estava viciada no jogo. Quando eu abria minha boca grande ela ficava até meses sem mexer no computador, só para provar para mim que eu estava errada. Eu ficava com a consciência pesada e colocava no jogo para ela. Eu a chamava e insistia para ela tirar um tempinho para jogar. Essa alegria não durava muito, pois eu sempre achava um jeito de abrir minha boca grande de novo. 

   



6 comentários:

  1. Adorei, minha mãe usa o mundo da internet agora (mesmo que tenha sido complicado ensinar)mas ainda hoje, ela é viciada na paciência e muitas vezes, tenho a boca grande também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É coisa de filho, acho que não temos como evitar. rs :)

      Excluir
  2. Ai cara, eu lembro quando eu dividia meu computador com meu pai! Queria morrer porque né ele até sabia mexer, o problema maior era quando ele começava a jogar paciência, NAQUELA VELOCIDADE caracterisca do meu pai, dai eu queria usar e ele " to quase terminando" isso para mim equivalia a HORAS. hahaha
    Sorte que hoje ele tem o computador dele, agora é eu tentando ter PACIÊNCIA para ficar explicando para ele MIL VEZES como manda mensagem no facebook!
    Essa tecnologia!
    haha

    Viu, to participando de um meme lá no blog, dai tinha de indicar outras blogueiras e indiquei você! rs

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EBA!!! Eu já tinha visto no seu blog, fiquei aqui tentando responder ainda hoje. A parte que mais demorou foi a do ZUMBI kkkkk.

      Beijos

      Excluir
  3. Bom dia Jeniffer.
    Isto acontece com minha mulher. Não quer saber nada de computador. Para ela é coisa do " Demônio ".
    Agradeço tua gentil visita em meu blog da arteblog.
    Tenha um ótimo fim de semana.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por aparecer por aqui Jorge.
      Abraços

      Excluir