domingo, 16 de junho de 2013

A VIDA E SEUS MISTÉRIOS


Viver é aprender. Só os vivos são capazes de sentir alegrias, tristezas, vitórias, derrotas, inveja e compaixão. Bom, comecei com essas frases clichês por um motivo, o principal deles é que todo dia aprendo coisas novas. Hoje quero compartilhar com vocês um apelido que me davam, apelido que eu não tinha o conhecimento.  Bom tem coisa que são reveladas na hora certa.
Vocês querem saber o apelido? Bom de acordo com a minha fonte (risos), me chamavam de filha de “Ellen White¹”, bizarro pensar nisto hoje, mas sem mentira nenhuma, entendo os motivos.  Ao descobrir esse apelido e com ajuda de uma amiga, se pode supor que eles poderiam achar duas coisas, a primeira que eu me achava santa ou que tentava agir de acordo com os princípios descritos pela autora. Minha opinião é que a primeira opção predominava na mente do povo, pois as atitudes posteriores revelaram que fui muito mal interpretada.
Não quero aqui me colocar só como vitima da história, acredito hoje que tive uma grande parcela de culpa no cartório, por ingenuidade instiguei a inveja e a revolta. Acho que faltou sabedoria nas minhas atitudes, pois ninguém consegue entender o que vai dentro do seu coração, qual sua real intenção com aquelas atitudes e ações. O tempo é um santo remédio, ele consegue tirar a fumaça dos nossos olhos quando olhamos para traz.
JUNHO/2013
 Tem assuntos que começam a fazer sentido depois que você deixa sem preocupação o tempo tomar conta de tudo.  É preciso deixar os dias passarem para revelar a essência de toda sua história. Não sei se é só comigo, mas conforme o tempo vai passando é possível encontrar respostas para as perguntas que não se calam dentro de você. Quem nunca teve inquietações e conflitos? Quem nunca ficou imaginando os por quês das atitudes agressivas das pessoas que você considerava amiga? E depois de um tempo tudo foi revelado?!
Acredito que tem problemas que você poderia ter evitado se lavasse a roupa suja na hora certa.  Guardar as coisas só faz tudo virar uma panela de pressão.  Quando explode toma proporções que você fica abismada com tudo.
A vida nos ensina da pior forma. Melhor mesmo é aprender com os exemplos, sem dor e lagrimas.   
Como seres humanos, estamos sujeitos a erros, admitir um erro acredito que o mais difícil, às vezes não é por intenção que não pedimos perdão, é pelo fato de não entendermos onde erramos.  
Pronto, achei o ponto final de uma história de muitos “livros”. O mais interessante foi onde encontrei.  


Será que você também tem uma história que precisa de um ponto final? Deixe o tempo agir por você.


___________________
¹Ellen White foi uma escritora promissora. Começando em 1851, quando publicou seu primeiro livro, estende-se num volume de artigos, livros e folhetos. Entre eles alguns são puramente devocionais, enquanto outros são seleções de muitas de suas cartas pessoais com conselhos escritos na decorrência dos anos. Outros são históricos e delineiam a contínua batalha entre Cristo e Satanás pelo controle dos indivíduos e das nações. Também publicou livros sobre educação, saúde e outros temas de especial importância para a igreja. Depois de sua morte publicaram cerca de 50 compilações, na sua maioria materiais que não se tinham publicado com anterioridade. É autora de vários milhares de artigos que foram publicados, com o decorrer dos anos, nas revistas "Review and Herald", "Signs of the Times", e outros jornais Adventistas do Sétimo Dia da época. 

_______

2 comentários:

  1. Amei! realmente o tempo nos mostra muitas coisas que não entendíamos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Su, eu quem diga. Obrigada pela visita, beijos.

      Excluir