sábado, 27 de julho de 2013

CUBO MÁGICO


Quando a saudade aperta no peito, a necessidade de desabafar é grande. O blog além de conter minhas memórias, contem em grande escala meus desesperos, minhas lágrimas e minha esperança. 
Eu sinto uma necessidade de falar o que esta dentro do meu coração. Desde quando criei o blog percebi o beneficio que é expressar nossos sentimentos. É claro que fazendo isso publicamente me deixa vulnerável a várias emboscadas, porém quem esta na chuva é para se molhar, como diz o ditado. Tem risco que compensa ser passado, acredito que este é um deles.
O beneficio de poder ter um lugar onde não tem censura, me faz bem.  Há pelo menos um ano se tornou um hábito prazeroso escrever. Quando passeio pelo blog e encontro coisas que escrevi lá trás, coisas que quero que o Lucas veja no futuro, uma empolgação envolve meu ser, por ter conseguido permanecer com o blog por quase dois anos. 
Com todo esse tempo a saudade da minha mamãe não passou, mas a forma como estou vendo as coisas mudaram. Meu cérebro não me incomoda mais com tantas perguntas sem respostas, aos poucos tudo esta se encaixando, como num cubo mágico. As cores voltaram na minha vida, faz um tempo que não enxergo tudo misturado. 
Mesmo com a visão ajustada, o sábado é tenso para mim, pois eram os dias que nos encontrávamos, era separado para a família. Não sei mais o que dizer sobre sua ausência.  Sobre a falta de ouvir sua voz, faz no meu interior.  
Esse vazio, que se estala quando a saudade bate me tira desta orbita e faz olhar o mundo de outra forma, seus conselhos são as únicas coisas que viajam comigo para fora do planeta. É refletindo nas suas palavras que tento não sair do meu caminho. Quando você se foi eu confesso que me perdi, tentei buscar respostas e passar por outros caminhos que a vida me proporcionou, todavia a única coisa que descobri, foi que nada supriu sua presença e nem a saudade que tenho de você. 
O único e verdadeiro dilema que preciso entender é que não estou sozinha neste mundo, não estou abandonada, tenho um Deus que pode restaurar tudo em qualquer situação. Essa sim foi uma das melhores coisas que você me ensinou.  O cubo mágico voltou a ter seis cores uniformes. 

“Deus é o único e incomparável: por isso esperarei pelo tempo dele. Tudo de que preciso vem dele; Ele é a rocha sólida debaixo dos meus pés, um espaço para a minha alma respirar...” Salmos 62: 1-2 (A Mensagem: Bíblia em Linguagem Contemporânea).

Nenhum comentário:

Postar um comentário