quarta-feira, 4 de setembro de 2013

ERA ELA - As aparências

Estava dentro do ônibus. Sentada nos últimos bancos do lado esquerdo. Fiquei a maior parte da viajem olhando para fora. Não lembro o que pensava. Só sei que dois pontos antes de chegar o meu, olhei para o lado direito. E lá estava ela, de blusa preta, com folgas nos braços magros, calça jeans escura, sandália nos pés. Cabelo preto liso e volumoso, os cabelos brancos aparecendo, do mesmo jeito que normalmente ficava. Mãos e pés com veias saltadas. Era ela, era minha mãe. 
Minha reação foi de congelamento, não conseguia tirar os olhos dela. Minha “mãe” estava sentada uns três bancos na minha frente, do lado do corredor. De onde eu estava não conseguia ver seu rosto.  Meu coração começou acelerar. Meus olhos encheram de lágrima. Era ela, entendi? Depois do congelamento, levantei, tinha que tocá-la, mas não podia. Minha mão começou a suar. Estava desestruturada. Minha mãe que faleceu em 2010, estava uns passos de mim. Ao chegar perto, parei na sua frente, com hesitação, olhei no seu rosto.   Não era minha mãe. Eu sabia no fundo, mas alguma coisa dentro de mim queria ter a certeza. Não poderia descer sem tirar a prova real. 
Uma lágrima escorreu dos meus olhos. Meus pés ficaram pesados. Antes do motorista chegar ao ponto que eu desceria, ele precisou virar. Eu estava segurando meu corpo só com uma das mãos. A outra mão, tentava não deixar a segunda lágrima descer. Desequilibrei-me e pisei em um pé, virei para me desculpar. Imagina quem era? Minha suposta mãe. Mal consegui olhar seus olhos. De rosto ela não se parecia nada com minha mãe, só que de costas eram idênticas. 
Desci do ônibus chorando, sem saber ao certo o motivo. Era ela, por alguns minutos era ela. 

5 comentários:

  1. Nossa! até eu me emocionei, é que a saudade é tanta que parece se materializar, mas logo muito em breve você irá vê-la naquele Grande dia e dizer o quanto ela fez falta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Su, essa é minha esperança, é o que acalenta meu coração.
      Beijos

      Excluir
  2. Jeni me bateu ama saudade chorei muito,Como gostaria que ela estivesse ao seu lado para ti acalentar.Mas não perca a esperança cristo esta voltando nós vamos rever ela.
    Geneci da hora

    ResponderExcluir
  3. Com, certeza era ela............que bençaõ.

    ResponderExcluir