terça-feira, 5 de novembro de 2013

Compromissos e decisões


Como é bom poder desabafar. Estava aqui com aquela preguiça que me consome quando tenho um monte de compromissos. Então resolvi parar tudo e contar para vocês como andam as coisas. 
Para começar, estou cansada, super cansada. Acho que já mencionei que abracei um monte de coisas esse ano, e tipo, estou ficando louca. Meus compromissos só aumentaram. Estou contente com tudo que Deus me proporcionou e esta proporcionando, consigo ver sua mão poderosa sobre meus planos, só acho que pedi coisa de mais para um ano só. 
Napoleão Bonaparte já dizia: “Nada é mais difícil e, portanto, tão precioso, do que ser capaz de decidir”. Estou aqui tentando não desistir de nada que já comecei, mas confesso que esta difícil. Preciso me organizar. A situação esta mais ou menos assim, eu começo a fazer algo, e lembro que tenho mais trilhões de coisas para fazer, daí para o que já tinha começado e vou fazer outra coisa, que a meu ver é mais urgente, no final do dia percebo que comecei mais de cinco coisas, porém nenhuma eu consegui concluir, estou me perdendo no meio do processo. 
 Será que tem alguém ai na mesma situação? 
Estou tão atordoada que hoje cometi uma gafe, cheguei a um estabelecimento com um protocolo (quando recebi esse protocolo, a pessoa que me forneceu grifou uma data, falando que era para eu voltar naquela data grifada no papel, para saber o resultado) que eu jurava que estava marcando a data de hoje. Quando fui atendida expliquei o motivo da minha presença, e a moça com um sorriso nos lábios disse:
- Você esta um mês adiantada. 
Eu olhei o papel para conferir, e ela estava certa, o retorno era só dia cinco de dezembro. O que eu poderia fazer além de sorrir com ela, assim a moça sentiu a liberdade de liberar a gargalhada que ela estava contendo ao observar minha ansiedade.  
Sai do local rindo sozinha, que falta de atenção.