segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Plantei no meu coração a esperança!


Já fiz tantos post falando da saudade que sinto de você mamãe, que não sei explicar mais.
É uma dor forte que cresce no peito e irradia todo o corpo. A saudade vem sem avisar, nas horas que você menos espera talvez alguma coisa que você ouviu e despertou o sentimento, ou sua memória mesmo que resolveu te lembrar, que sua melhor amiga e mãe, não esta aqui. É a sua ausência que tortura meu coração.

Hoje eu consigo controlar mais esse sentimento. Consigo sorrir, pois resolvi viver assim. Pois plantei no meu coração a esperança. E todos os dias cuido para essa “planta” não morrer. Cultivo tudo que aprendi com você mãe, cultivo nossa amizade e companheirismo.
Fico muito feliz por ter sido educada por você. Por ter tido você por 21 anos ao meu lado. Agradeço a Deus por essa oportunidade.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário